Vinologique

Porque a vida é curta para beber vinho ruim – tudo sobre o mundo dos vinhos para iniciantes de um jeito simples e sem frescuras!


2 Comentários

3º International Wine Show

Se você está em São Paulo e  gosta de eventos onde pode degustar vinhos do mundo inteiro à vontade, trago uma ótima notícia! Nesta quinta, dia 21/07, acontece o 3º International Wine Show, no Shopping Frei Caneca, das 16h às 21h.

Ao adquirir o ingresso por R$99 você terá acesso a mais de 240 rótulos vindos de mais de 100 vinícolas diferentes, escolhidos a dedo pelos amigos queridos do Empório Frei Caneca. É só retirar sua taça e sair de mesa em mesa explorando as regiões e uvas que mais gosta. Ah, a taça ainda é sua pra levar pra casa. 😉

Diferente de outros eventos só de degustação, neste haverá venda dos rótulos com descontos de até 30%, uma ótima oportunidade para rechear sua adega pagando menos. Além dos vinhos, haverá também venda de chocolates Lindt e taças Riedel (a marca austríaca considerada a melhor fabricante de taças do mundo).

Você pode comprar o ingresso pelo site do Ingresso Rápido aqui ou diretamente no Empório Frei Caneca:

Loja Empório Frei Caneca

Rua Frei Caneca, 569 – 3º andar, Shopping Frei Caneca

Tel 3472-2001 ou 3472-2082

Tratar com Cátia, Socorro ou Ricardo

 

Eu não vou perder por nada! Nos vemos por lá! 🙂

Saúde, santé, cheers, salud!


Deixe um comentário

Cinquenta tons de vinho

Muitaaaa gente veio me perguntar sobre o tal vinho azul e minha opinião sobre ele. Se você ainda não ouviu falar dele, provavelmente deve ouvir em breve.

blue-wine-gik-17

O nome dele é Gik, ele foi anunciado ano passado por seus produtores espanhóis. Produzido a partir de uvas brancas e tintas, a cor é totalmente artificial, obtida com a adição de um pigmento comestível e de antocianinas (pigmentos azulados extraídos da casca da uva). Ao pesquisar mais sobre ele descobri que além da coloração diferente ele também é adoçado  (!!!!) depois de pronto.

Apesar de comunicado em 2015, o burburinho voltou agora porque a bebida começou a ser oficialmente vendida na Europa. Eu ainda não tive a chance de experimentá-lo, mas considerando todos os “efeitos especiais” a que os produtores recorreram, não tenho altas expectativas. Além disso ele foi feito para agradar aqueles que ainda não estão acostumados a tomar vinho e preferem bebidas mais adocicadas e sem complexidade – não muito alinhado com o meu paladar atualmente. 

Sem dúvida ele tem um apelo “marketeiro” e bem ou mal traz inovação e jovialidade a um mercado que costuma ser visto como mais tradicional. Isso pode servir para aproximar e introduzir mais pessoas ao mundo do vinho, o que é sempre muito bem vindo. De qualquer forma, se a qualidade do líquido fosse excepcional ele não precisaria de tantos recursos e se venderia sozinho, a reputação seria criada pelo próprio mercado.

Se qualquer dia esbarrar com uma garrafa dele por aí com certeza vocês serão os primeiros a saber! E se alguém quiser se aventurar, a venda é feita pelo site oficial aqui.  😉

Saúde, santé, cheers, salud!