Vinologique

Porque a vida é curta para beber vinho ruim – tudo sobre o mundo dos vinhos para iniciantes de um jeito simples e sem frescuras!

Rapidinha: Cadê a cortiça que tava aqui?

3 Comentários

Mito do dia: Vinho sem rolha de cortiça não presta 

A cortiça é extraída da casca do sobreiro, uma árvore que leva ao menos 25 anos (!!!!!) para ficar pronta para a primeira extração. Portugal, aquele micro nano país, é responsável por mais de metade da produção de cortiça no mundo. Bom, já entendeu onde quero chegar, né ? A produção é limitada, ameaçada de extinção e, portanto, cada vez mais cara. Há tempos os produtores vêm procurando alternativas à cortiça, e você já deve ter visto rolhas de borracha ou vinhos sem rolha, fechados com uma tampa de rosca. Além do custo menor, estes métodos têm vantagens adicionais, como eliminar a necessidade de armazenamento na horizontal e não permitir que alguns defeitos se desenvolvam. Para vinhos que devem ser consumidos jovens, a cortiça é totalmente dispensável.

 tampa de rosca

Ah, isso sem falar que uma tampa de rosca salva a vida quando não existe um abridor por perto, né ? rs 😉

Menos preconceito, mais vinho por favor!

Saúde, santé, cheers, salud !

Anúncios

Autor: Vinologique

Tudo sobre o mundo dos vinhos para iniciantes de um jeito simples e sem frescuras!

3 pensamentos sobre “Rapidinha: Cadê a cortiça que tava aqui?

  1. Pingback: Vinho de supermercado | Vinologique

  2. Seria bom voce explicar as ventagens da cortica para vinhos mas velhos. E bem interesante.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s